quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Certas Coisas

Não existiria som
Se não houvesse o silêncio
Não haveria luz
Se não fosse a escuridão
A vida é mesmo assim,
Dia e noite, não e sim...

Cada voz que canta o amor não diz
Tudo o que quer dizer,
Tudo o que cala fala
Mais alto ao coração.


Silenciosamente eu te falo com paixão...

Eu te amo calado,
Como quem ouve uma sinfonia
De silêncios e de luz.
Nós somos medo e desejo,
Somos feitos de silêncio e som,
Tem certas coisas que eu não sei dizer...

Cada voz que canta o amor não diz
Tudo o que quer dizer,
Tudo o que cala fala
Mais alto ao coração.

Silenciosamente eu te falo com paixão...

Eu te amo calado,
Como quem ouve uma sinfonia
De silêncios e de luz,
Nós somos medo e desejo,
Somos feitos de silêncio e som,
Tem certas coisas que eu não sei dizer...

http://www.youtube.com/watch?v=V1UiIyLfyYk&feature=player_embedded

                . . .

Ter vida é sentir que algo diferente acontece dentro de cada um,
É saber da grande festa decorrente na névoa
É ter a fellicidade de descontar nos instantes
A paz esquecida e o calor flamejante.

Não ter longevidade
Não ter atitude
É o mesmo que não planar
É o mesmo que não perceber a brisa suave
Nem a fonte inesgotável de paixão

Sem saber de nossa própria integridade
Ficamos indecisos entre o não e o sim
Entre a vida e a morte
E não nos damos conta da importância da crença

Somos lavados por sentimentos corrompidos
E por angústias que liberam fragrâncias de poeira

Só mesmo seguindo as metas saberemos aonde vamos chegar
Só aspirando por momentos impossíveis...
Só assim seremos mais completos

Tem certas coisas que não se explicam
Não se interpretam
Não se vivenciam

                            Enio Silva

Um comentário:

  1. Professor , siga o nosso blog ...
    http://wwwlidiapaulasilva.blogspot.com/

    ResponderExcluir